Tuesday, 13 January 2015

à belinha pt em Gb do ultimo beijo colectivo onde se inclui a joana amaral dias

http://www.publico.pt/ciencia/noticia/novo-premio-de-cosmologia-coatribuido-a-cientista-portuguesa-1681352

“Em geral, as teorias de relatividade quântica dizem que o tempo não existe, que não é real!”, exclama Marina Cortês. “Que é uma ilusão no sentido em que é constituído por partes mais pequenas que não são tempo. Nós dizemos que é o tempo que é fundamental, ou seja que é o tempo que é mesmo real. Este é o ingrediente essencial da nossa teoria. O espaço é uma ilusão (e nisto nos concordamos com as outras teorias), mas o tempo é fundamental.”

belinha, o tempo, é sempre e antes de mais uma medição e um medir humanos, depois temos até zenão, recorda-se da flecha e da tartaruga?

parte mais pequeninas como lhe chama são sempre e antes produto da nossa capacidade de ver e observar e explicar

No comments:

Post a Comment